Igreja de São Lourenço dos Índios

Tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Cultural (IPHAN) em 1948 e pela Prefeitura em 1992, a Igreja de São Lourenço dos Índios é considerada o monumento de fundação da cidade de Niterói.

Sua origem está relacionada ao assentamento indígena construído nas terras doadas ao chefe temiminó Araribóia, em 16 de março de 1568, pela ajuda prestada aos portugueses na expulsão dos franceses. Segundo carta do padre Gonçalo de Oliveira, de 1570, já existia no local uma primeira capela em taipa.

Essa construção foi substituída por outra em 1586, inaugurada com a representação do Auto de São Lourenço. Um novo templo foi construído pelos jesuítas, de pedra e cal, antes de 1627. Em 1729, a capela foi reconstruída com a arquitetura que mantém hoje, conservando os traços do estilo jesuíta. A torre do sino é de 1769.

O retábulo-mor da igreja, datado do fim do século XVII/ início do século XVIII, é entalhado em madeira, de composição maneirista, e recebeu pintura folheada a ouro na restauração da igreja do início do ano 2000. Na restauração, foi adicionada também uma representação da via sacra em pedra e novos bancos de madeira.

O altar, quase todo em pau-brasil, é original da construção. A imagem de São Lourenço data do século XVII. Na sacristia da igreja podem ser vistos a pia batismal em pedra de lioz, de influência moura, objetos coletados na época da restauração da igreja e gravuras de Carlos Oswald, representando a via sacra. A Igreja de São Lourenço dos Índios pertence à prefeitura de Niterói desde 1934.

O Busto de Arariboia foi colocado na Praça Araribóia, em 1914, após um movimento popular no ano anterior chamado “Comissão Glorificadora a Araribóia”. Na comemoração do IV centenário de fundação da cidade, o busto foi colocado em frente a Igreja São Lourenço dos Índios. Sendo colocado na Praça Arariboia uma outra estátua do índio em 1973.

 

SERVIÇO
Endereço: Praça General Rondon, s/nº, Morro de São Lourenço, Niterói
Horário de Funcionamento: Visitação com agendamento pelo telefone (21) 98174-4384 (sr. Egídio Perpétuo)

Fonte: Mapa da Cultura RJ, via Centro de Memória Fluminense Uff, Acessado em 11 de agosto de 2018.


 

 

Anúncios
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close